Cinema: Matadores de Vampiras Lésbicas


Um filme escuro, sombrio, com cores vivas, peitos, estacas, nerds, cemitérios e mais peitos. Matadores de Vampiras Lésbicas não é só um filme trash. É trash e mais um pouco! A trilha sonora é fodástica e dá um clima totalmente Scooby Doo a um filme extremamente engraçado de tão babaca e mal feito (de propósito, que fique claro) que é.

Tem gente que vê um filme desses e quer analisar arte, e aí sai puto, falando que o filme é uma merda. Mas a arte tá na merda, minha gente! O fascinante é ver que tudo foi feito propositalmente nas coxas, a lá Zé do caixão. Cinema trash é isso aí!

Sendo bem sincero, o filme é uma porcaria, mas é uma porcaria proposital e eu ri muito! Filmes com vampiros são sempre fodas. Seja como for. E cheio de mulheres gostosas bem apessoadas e com todo um sotaque inglês, faz toda diferença.

Se eu fosse definir o filme, diria pra imaginarem um filme que foi dirigido pelos seguintes diretores ao mesmo tempo: Tim Burton, Robert Rodriguez, Tarantino, Zé do Caixão e pelo Cão Hamburguer.

Esse filme foi responsável por me tirar da fossa de um sábado a noite e me fazer dormir felizão. Vai um Ewaldinho!


2 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio