Tiro no pé do Kassab

Tiro no pé. Foi isso que a prefeitura de São Paulo, na pele branca de escritório do ilustríssimo sr. Kassab, fez. Deu um belo e redondo tiro no pé.

Há anos as administrações urbanísticas da cidade tentam melhorar o transporte público, implantam rodízios, fazem mil e uma peripécias para tirar as pessoas de dentro do carro e colocar dentro de transportes coletivos, para melhorar o trânsito veicular na cidade e consequentemente diminuir zonas congestionadas.

Pois bem. Vem o Ka(não)ssab e me implanta a tal Zona Máxima de Restrição de Fretados, fazendo com que estes não possam entrar por dentro de Sampa. Ou seja. São 250mil trabalhadores que terão que descer muito longe de seus empregos e caminhar (o que pode gerar assaltos) até um terminal do Metrô, que em horário de pico já é um caos, para poder ir trabalhar.
No primeiro dia (ontem) de funcionamento da tal ZMRF, um caos total. Filas enormes de ônibus e muita gente falando que vai parar de usar fretado e ir trabalhar de carro. Tiro no pé.

Todo aquele trabalho pra tirar o pessoal dos automóveis e colocar nos coletivos vai por água a baixo. Depois o cara fica bravo quando os outros dizem que ele precisa constituir família. Claro que precisa! Aí não vai ter tempo pra pensar tanta merda!

Meu trampo é de corno, mas enfrentar isso é ser corno duas vezes! (Foto: Cedoc/RAC)


3 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio