Só acontece com...

"Tem coisas que só acontecem com o Botafogo"

Essa frase eu já ouvi bastante, mas posso repetir mudando o personagem facilmente. Tem coisas que só acontecem comigo.

Domingão, sol bonito, tarde agradável, Timão metendo 2 a 0 na peixada só no primeiro tempo, e com go do gordo. Decido eu mandar mensagem pra todos meus amigos corinthianos.

"Vai nem precisar de Cebolitos! Guarda pra domingo!"

Pra quem não lembra da história do cebolitos, veja aqui.

Acaba o jogo, aquela coisa linda de Deus, Eu ainda de cara com aquele gol extraterrestre feito por um extraterrestre, mando mais uma mensagem aos amigos.

"Não é mole não! Chora sardinhada que o Timão é Campeão!"

Eis que recebo então a seguinte mensagem:

"Vai tomar no cu lote de viado!"

Essa mensagem veio da Maria Carol, nossa amiga corinthiana maloqueira e sofredora. Entendi nada. Fiquei encafifado quando decidi olhar o telefone dela.

PUTZ!

Domingo que fomos no Pacaembu, liguei pra ela de São Paulo (ela é de lá) e pra poder ligar pra ela, tive que tirar o prefixo 11 do contato. E ficou. Ou seja, agora, quando eu mandava mensagem pra ela, ia pra alguém de mesmo número, mas aqui de Campinas mesmo, com prefixo 19.

Dei foi azar de mandar mensagens pra alguém que não é corinthiano.

Pouco mais à noite me ligaram de um número não reconhecido. Uma criança.

- Alô.
- Oi, quem fala?
- Com quem você quer falar?
- É que chegou mensagem daí no meu celular.
- Não deve ter sido daqui não.
[Bruno desliga o celular]

Aí começam a me ligar desesperadamente. Eu não atendo. Número desconhecido. Não param. Desliguei o celular.

Antes de dormir liguei de novo e chegou uma mensagem da mesma pessoa.

"Atende agora, seu viado do caralho!"

Bom, não tentaram ligar de novo nem mandaram mais mensagens. Mas claro que um louco ficaria atrás de mim por conta de algumas mensagenzinhas provocativas.

Quer saber?

Agora de raiva, próxima vez que coringão socar o áio, vou mandar mensagem pra esse puto de novo. Quero ver só. Cada jogo uma mensagem.

Porque eu sou corinthiano maloqueiro e sofredor, graças a Deus. Simples assim.


4 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio