O lado bom das coisas

Como nessa vida a gente sempre tem que ver o lado bom das coisas, porque lado ruim é o que mais tem. Vamos ao lado bom da Gripe Suína, H1N1 ou Gripe A. (aliás, ô gripe pra ter nome e apelido!)

1. Shoppings de Campinas mais vazios. Aquele inferno de fim de semana deu uma amenizada. Dá até pra não trombar com alguém que insiste em andar de mãos dadas com a família toda.

2. Ter uma desculpa pra não sair apertando a mão de todo mundo. Você chega num lugar cheio de gente e fala um "oi" geral, alegando: - Sacumé, né galera. Gripe suína, pá e tal.

3. A melhor de todas. ACABOU A PUTARIA DE "ABRAÇOS GRÁTIS"! Que me desculpem os que já fizeram isso, mas acho a coisa mais babaca do mundo. Primeiro porque quem faz, faz porque viu aquele vídeo famoso de pessoas fazendo isso ao redor do mundo, tal e quer aparecer. Segundo porque geralmente é gente feia, carente, e tal. Duvido que a Megan Fox sairia por aí dando "Free Hugs". Terceiro que é anti-higiênico. Imagine aquelas pessoas que falam com aquela gosminha branca no canto da boca, dá aquele abrááááço nas pessoas e depositam a gosminha na gola da blusa do doador de abraços? De boa? Me nego. Vai abraçar o capeta, mas não vem pro meu lado não.

Até em San Telmo, Buenos Aires, eu tive que aguentar essa putaria. Preferiria mil vezes um Cubanitos por 2 pesos.


3 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio