Filme: GOL!

Pra quem acha que o Lado B anda muito futebolístico, hoje um post sobre cinema. Ou melhor, sobre filme de prateleira nas locadoras do Brasil.

Título: "GOL!" (Goal!)
Ano: 2005
Diretor: Danny Cannon

Ops! Falha nossa. Até pra falar de filmes rola uma redonda rolando pelos relvados europeus (Nossa, quanto "R"!).

Ninguém se lembra de algum filme sobre futebol que foi sucesso. Pois é, nem eu me lembro, e esse não foge a regra. Gol não emplacou, mas nem por isso é um filme ruim. Pelo contrário. É um filme bem rodado, com um roteiro conhecido na vida real.

Com uma filmagem cheia de tomadas simples, o diretor soube atingir o público que queria. Não era para ser um filme de arte. Nada inovador com relação a técnicas de filmagem, fotografia, nada disso. Mostra o que o espectador quer ver. A vida de um jogador de futebol em formação, a vida do jogador famoso, e claro, os próprios jogadores famosos. Beckham, Ronaldo, Zidane, Raul, Patrick Kluivert entre muitos outros, aparecem no filme hora contracenando, hora só figurando.

Gol é um filme que preenche, de certa forma, uma lacuna no mundo cinematográfico. A de fanáticos por cinema que também o são por futebol.

E pra ficar uma boa lição pra muito jogador brasileiro de hoje em dia, o então técnico do Newcastle no filme soltou uma frase ótima para o aspirante a fenômeno Santiago Muñez:
"O nome na frente da camisa é mais importante que o de trás"

Viu, cambada de mercenário!?


1 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio