[Parte 2] Corrida de rua é democrática?

O texto da semana passada onde escrevi que corrida de rua é um esporte elitista causou uma certa polêmica entre os leitores. Entendi todos os pontos colocados e espero explicar melhor agora.

Antes de mais nada, não mudo minha opinião. Explico.

O argumento usado por todos que conversaram comigo foi de que não precisa do melhor calçado, da melhor roupa ou de participar de uma prova por mês para se praticar corrida. E realmente, não é necessário.
Do mesmo jeito que não é necessária uma chuteira e uma bola pra se jogar futebol. Qualquer rua, pés descalços e uma latinha amassada faz muita gente se divertir. Natação? Sabendo nadar, qualquer lagoa, de cueca ou pelado você nada, pratica. Vôlei? Joguei muito na grade que separava a rua da minha casa. Até tiro ao alvo eu pratico com meu estilingue. 

Depende de quê você considera esporte. Se qualquer exercício físico for considerado esporte, estivadores seriam os maiores medalhistas do mundo.

De fato, não se precisa do melhor tênis para praticar corrida. Hoje em dia há muitos sites com promoções ótimas de bons calçados para a prática da corrida de rua. Mas quanto melhor o calçado, mais segurança para suas articulações, pois é um esporte com grande carga de impactos no nosso corpo. E não adianta "mimimis" que 'não sei quem' corre descalço ou de Conga. Quando alguém ganhar a Maratona de Nova York nos tempos modernos correndo assim, eu mudo minha concepção.

Se a sua ideia é só se exercitar, compre um tênis bacana em promoção (há bons tênis entre R$100,00 e R$200,00) e vá ser feliz! Claro, respeitando os limites do seu corpo.

Agora, se pretende praticar um esporte como a corrida de rua, procurando se condicionar e sempre melhorar, prepare seu bolso, meu amigo e pare com a choradeira para o autor do texto aqui.


0 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio