Yokohama a.k.a. Pacaembu.



Amanhã. Finalmente.

Desde a vitória contra o Boca Juniors no Pacaembu eu e toda a torcida esperamos esse dia. Amanhã é dia de japonês abrir bem os olhos pra ver The Almighty em campo.

Esses dias eu pensava comigo mesmo: que merda que deve ser não ser corinthiano. Porque se não se isolou do mundo, só deve ouvir "Corinthians" por todos os lugares. Alguém lembra que o Fluminense foi campeão brasileiro? São jornais, telejornais, rádio, novela, Palmirinha, todo mundo falando de Corinthians. Eu, que sou corinthiano, não tenho mais tanto saco. Mentira, tenho sim. Passo o dia vendo notícias das mais repetidas e idiotas às com alguma relevância, videos, histórias, etc. Já que não estarei no Japão, que eu aproveite assim.

E amanhã vai ser dolorido. Vai ser sofrido. O Corinthians jogando e eu trabalhando. Uma semifinal de Mundial e eu no escritório. Ah como eu queria ser rico um dia. Só um dia.

Mas a internet do trabalho que me perdoe. Amanhã é dia de Corinthians. Amanhã é dia de Pauligol, de Pter Cássio, de "Puq fas isu Romarino". Amanhã é dia de mandar múmia de volta pro sarcófago, de mandar egípcio tomar no Tutancamon. Amanhã será dia de Yokohama virar São Paulo, virar Itaquera, ser tomada por um tsunami preto e branco de loucos, apaixonados por nosso alvinegro.

Me-re-ci-men-to, ja dizia Sir Adenor. Que os passos dos nossos jogadores estejam iluminados nesta quarta-feira. 

Vai, Colíntia! 

0 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio