O bafafá da Arezzo

Revolta, quebra-quebra, bombas de gás-lacrimogênio. Tudo isso só não aconteceu porque a polêmica se arrastou pelas redes sociais e não nas ruas. A Arezzo literalmente CAUSOU ao lançar a coleção PELEMANIA, com peles de animaizinhos como raposas, coelhos e ovelhas.

Puta queo pariu, Arezzo! NOWADAYS quer usar pele de bicho? Essa nem Jesus salva!

- Tem coragem?

Puta tiro no pé, né? Conseguiram o Trending Tópics, que mostra o nível de popularidade das palavras no Twitter, mas poderia ser positivamente, não? Não. Conseguiram fazer a maior propaganda negativa de uma marca desde o lateral Roberto Carlos lançou sua grife.

Vi muita gente dizendo que se revoltar contra o uso de peles é demagogia, porque todo mundo usa couro. Uma coisa é usar couro, resto de um animal que aproveitamos quase tudo. Nos alimentamos dele. Outra é andar esfolando coelhinhos fofos, raposas fofas e ovelhas fofas que fazem a gente dormir quando contadas.

Com esse comportamento de marca, a Arezzo acabou abrindo uma ótima oportunidade de mercado. Por que não aproveitam e contratam o John Galliano, recém expulso do seu cargo na Dior pelas declarações racistas e bla bla bla? Unem o inútil ao desagradável.

Como eu já tinha dito no Twitter, pra quê usar peles de animais com tanta redução de estômago hoje em dia, e tanta pele sobrando?

Puta cagada, Arezzo...


2 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio