[Futebol] 1988-89 - O título que tirou o Arsenal da fila na liga inglesa

George Graham.
O Arsenal vivia tempos tortuosos até 1988. Havia ganho uma Copa da Inglaterra na temporada 1978-79 e depois disso, nada mais. Eram 18 anos sem ganhar um campeonato inglês. Jogava um futebol feio e sem resultado. A chegada do técnico George Graham em 1986, ídolo do time como jogador e ganhador da Double na temporada 1970-71 (Copa da Inglaterra e Campeonato Inglês), deu ânimo ao time. Mas somente na temporada 1988-89 que os Gunners mostrariam seu valor.

Em 1989 os clubes ingleses estavam suspensos das competições europeias por causa da tragédia de Heysel, final da Champions League entre Liverpool e Juventus da Itália em que mais de trinta pessoas morreram por causa da queda de um muro onde os torcedores da Juve foram encurralados por Hooligans. Com isso, os campeonatos ingleses eram disputados com o máximo de competitividade. 

O time de Londres vinha fulminante com 17 pontos à frente do Liverpool, mas com os atrasos de vários jogos causados por outra tragédia, desta vez a de Hillsborough quando 96 torcedores morreram esmagados na superlotação no jogo entre Liverpool e Nottingham Forest pela Copa da Inglaterra, o Arsenal começou a tropeçar nas suas próprias pernas e uma reação fantástica do Liverpool na reta final acabou com a vantagem dos Gunners, levando para o último jogo do Campeonato, entre Liverpool e Arsenal, toda a decisão. 

O time de George Graham tinha de vencer os Reds por dois gols de diferença na casa do adversário para levar o título. Todos já davam como perdido considerando o retrospecto dos dois times. O Liverpool não perdia em casa por dois gols de diferença há mais de 4 anos.

No jogo, o Arsenal foi superior o jogo todo, compensando na raça o que não tinha na técnica. Alam Smith abriu o placar para os londrinos aos 7' do segundo tempo. Meio caminho andado. Faltava mais um gol. 

Michael Thomas tocando na saída de Grobbelarr.
35 minutos do segundo tempo, o volante Michael Thomas perde um gol feito, chutando em cima do goleiro Bruce Grobelaar. O Arsenal visivelmente desanimou. Os Reds foram pra cima, mas o jogo não havia terminado. O Liverpool no campo de ataque, nos acréscimos, a bola fica com o goleiro. John Likic passou para Lee Dixon que dá um chutão. Alan Smith passa de primeira fenomenalmente para Michael Thomas, que ganha do marcador Steve Nicol na corrida e toca na saída de Grobbelaar. Festa na torcida do Arsenal. Desespero entre os torcedores do Liverpool. É o gol do título, para loucura dos Gunners!



Duvido que algum corinthiano lendo e vendo o gol, não se lembrou instantaneamente do gol do pé de anjo Basílio em 1977. Títulos que tiveram um significado gigante para dois clubes gigantes. O Arsenal era, finalmente, campeão inglês novamente.



0 comentários:

Postar um comentário

 

Autores

Minha foto

Corinthiano Apostólico Romano, trabalhador do petróleo brasileiro, empreendedor da Santa Querupita Clothing Co., fotógrafo, corredor, mountain biker, Lu Patinadora e apaixonado pela Ilanna.

Apoio